A série produzida pelo Poder360 indica que a avaliação negativa do presidente Jair Bolsonaro bateu recorde em quase um ano de pandemia. Atingiu 52% no levantamento fechado nesta quarta-feira (17/03)

Os dados demonstram ainda que a avaliação negativa entre homens e mulheres está em 52%. Os homens ainda apresentam avaliação positiva (28%) maior do que o registrado entre as mulheres (21%). O valor sem arredondamento da avaliação negativa dos homens é 51%.

O recorte por faixa etária mostra que a pior avaliação do presidente é entre os eleitores na faixa etária de 25 a 44 anos, com média de 54%.

Os eleitores com curso superior apresentam hoje a maior avaliação negativa do presidente (60%).

Já o recorte por região do país mostra que a pior avaliação do presidente ocorre no Nordeste (58%) e Sudeste (55%). A menor avaliação negativa de Bolsonaro foi registrada na região Norte (26%).